fbpx

Blog

O que é PNL e uma introdução a sua história

O que é PNL

Quando digo que estudo e trabalho com PNL, sempre me deparo com essa pergunta “O que é PNL?”. Elaborei esse artigo para explicar o que é pnl e contar um pouco sobre sua história. Já a real essência da PNL e todas suas aplicações serão conhecidas através de estudo, com leituras e práticas.

Você já parou para pensar por que algumas pessoas têm sucesso no que fazem e outras não? A PNL foi desenvolvida com base nessa pergunta. Nesse artigo explicarei de uma forma simples o que é PNL e como começou.

Foi assim que a PNL surgiu: em 1972 por Richard Bandler, que havia estudado Ciência da Computação. Depois ele decidiu cursar psicologia e iniciou o desenvolvimento da PNL.

Primeiro Bandler encontrou fitas de sessões e aulas de terapia do falecido Fritz Perls, criador da Gestalt Terapia, e assistiu tantas vezes esses vídeos que acreditou entender o que estava “por trás” da teoria.

Sendo assim, ele começou a fazer sessões com várias pessoas, aplicando o que aprendeu nos vídeos, e percebeu que estava tendo resultados tão bons, ou até melhores que muitas pessoas já formadas.

Esse processo de observação e repetição de um padrão, até que ele passe a funcionar, foi denominado “Modelagem”, e Bandler demorou aproximadamente dois anos para ficar excelente nisso.

Num dado momento, Bandler foi até a Universidade de Santa Cruz, onde era aluno e pediu para ministrar cursos de Gestalt Terapia, o que foi autorizado, desde que fosse com a supervisão de algum professor que já era da universidade, e foi assim que John Grinder (professor de linguística e ex-militar) começou a fazer parte dos estudos que geraram o que hoje conhecemos como Programação Neurolinguística.

Em aproximadamente dois meses, John também estava tendo os mesmos resultados que Bandler nas sessões de Gestalt terapia, e eles se interessaram pelos padrões “subjetivos” por trás de qualquer arte.

E pela capacidade de aprendizagem, que pode ser mais rápida do que imaginamos.

PNL também trata de “aprender a aprender”, seja essa aprendizagem algo que queremos desenvolver, ou simplesmente aprender como usar nosso cérebro para obter melhores resultados na vida.

O que é PNL e como ela evoluiu até chegar onde está agora?

Na época foi um grande avanço, e sentiram confiantes para modelar outros grandes terapeutas, como Virginia Satir e Gregory Bateson.

O resultado dessas modelagens foi a constatação de que todos esses modelos, mesmo com linhagens diferentes de terapia, praticavam padrões muito parecidos de comunicação.

E o que iniciou com uma tese de mestrado de Bandler passou para o primeiro livro de PNL da história. “A Estrutura da Magia” é um livro sobre o Metamodelo de Linguagem.

A palavra meta vem do grego “além do”, ou seja, o que está além do modelo, a essência do padrão de excelência. Caso queira entender mais o que é PNL recomendo essa leitura.

Também recomendo “Introdução à Programação” Neurolinguística de Joseph O’ Connor e John Seymor.

O Metamodelo de Linguagem é um padrão de perguntas que traz à tona os padrões de pensamento das pessoas, o verdadeiro significado das experiências que geraram sua representação interna de mundo, os estudos e aplicações seguiam de vento em popa!

Eles continuaram percebendo padrões, tanto de excelência como de limitação, como as fobias, por exemplo.

Perceberam que as pessoas fóbicas representavam a experiência internamente de uma forma, enquanto as que haviam se curado da fobia a representavam de outra.

Ao “ensinar” as pessoas fóbicas a representar a fobia dessa segunda forma, foram descobertos padrões que possibilitavam curar uma fobia em menos de sete minutos!

Conclusão

O tempo foi passando e as técnicas se desenvolvendo, vários outros profissionais de áreas distintas passaram a estudar PNL e complementar ou criar novas ferramentas e padrões, desde formas de conquistar rapidamente a confiança de uma pessoa que você nunca viu na vida, até formas de incluir comandos embutidos numa conversa normal e falar diretamente com o inconsciente da pessoa através da hipnose.

Inicialmente as ferramentas de PNL foram muito aplicadas para:

  1. Terapia,
  2. Superação de limitações e
  3. Inclusão de recursos em contextos onde aqueles recursos serão úteis.

Recursos são estados que possibilitam com que a pessoa tenha um bom desempenho.

Conforme as ferramentas foram se desenvolvendo, profissionais das mais diversas áreas utilizam a PNL, podendo ser vendas, liderança, gerenciamento, etc…

Todos esses padrões e ferramentas auxiliam e melhoram a comunicação com outras pessoas e consigo mesmo.

Sendo que é difícil pensar numa situação onde não poderiam ser aplicados.

Recomenda-se bom uso dessas ferramentas, afinal, não seria agradável, por exemplo, alguém utilizar padrões de linguagem e outras técnicas para te induzir a comprar um produto que você não gostaria.

Penso na PNL mais como arte do que como ciência. Quando utilizada com sutileza e respeito às pessoas, pode causar mudanças maravilhosas! Cabe a cada um saber o que faz com as habilidades e capacidades que possui.

Espero ter conseguido responder à pergunta “O que é PNL?”

Quer saber mais? Nosso instituto tem uma das formações mais completas do Mercado, com carga horária de 144 horas, Ministrado por quem realmente trabalha com essas ferramentas diariamente.

Clique aqui para saber como o curso funciona.